Seguro de Moto: saiba como não errar na contratação
24/06/2022   / admcamedcorretora A+ A-

Escolher o melhor seguro para o seu veículo exige uma análise detalhada, pois, acima de tudo, ele precisa lhe garantir segurança o suficiente para diversas situações. 

Com as motos, essa reflexão deve ser redobrada, já que é um tipo de veículo que deixa seu condutor mais exposto a acidentes. Para te ajudar com a escolha, separamos aqui algumas dicas de como selecionar o melhor seguro de moto. Acompanhe.

1. Considere o seu perfil e a sua rotina

É normal que o condutor pense que a maior cobertura sempre será a melhor, mas isso pode fazer com que você contrate um tipo de apólice fora do seu perfil e gaste um dinheiro desnecessário. 

O mais indicado então seria observar a sua rotina como condutor e escolher as coberturas que mais se encaixam nela.

2. Entenda os tipos de coberturas

Os tipos mais comuns de cobertura para motocicletas são:

  • Responsabilidade por lesões corporais: protege contra o custo de danos a outros veículos e lesões a outras pessoas;
  • Colisão de motocicleta: cobre o conserto ou a substituição da moto em caso de acidente;
  • Cobertura abrangente: tem cobertura para consertar ou substituir sua motocicleta por danos causados ​​por furto, vandalismo, colisão com animal ou incêndio.
  • Cobertura para peças personalizadas: cobre carros laterais, peças cromadas, pinturas personalizadas e outros itens exclusivos do seu veículo. 
  • Cobertura de motorista sem seguro ou seguro insuficiente: protege você e sua propriedade em caso de acidente com alguém que não tem seguro suficiente ou não tem seguro algum. 
  • Cobertura médica para motocicletas: ajuda a pagar suas contas médicas e de seus passageiros em caso de acidente, independentemente da culpa.
  • Cobertura de assistência rodoviária: fornece serviços e pequenos reparos mecânicos para sua motocicleta para torná-la operável novamente após uma quebra.

3. Pense no modelo da moto

O modelo do seu veículo influencia bastante no seguro. Motocicletas novas, por exemplo, provavelmente terão prêmios mais elevados do que as antigas. O tipo de moto e a sua cilindrada também pesam na hora da cotação de um seguro. 

Os modelos de motos esportivos e de corrida com cc mais alto custam mais para segurar do que a média das motocicletas de turismo ou de trânsito. Além disso, as motos do dia a dia possuem cotações elevadas, já que correm riscos diários, como roubos ou acidentes.

4. Economize evitando multas e instalando dispositivos rastreadores

Um dos fatores considerados na hora de cotar o seu seguro são chances da moto ser roubada, furtada ou se envolver em acidente. Quanto maiores esses ricos, maior será também o preço do seguro. Por isso, siga as seguintes dicas para economizar:

  • Evite multas: algumas seguradoras dão desconto no seguro para quem não perdeu nenhum ponto na carteira;
  • Pilote sua moto com o máximo de cautela: quanto mais você aciona o seguro para registrar sinistros, mais ele pode aumentar no ano seguinte;
  • Faça a sua parte na segurança: evite deixar a moto parada na rua e procure sempre colocá-la em estacionamentos;
  • Instale dispositivos rastreadores: dependendo da seguradora, alarmes e dispositivos usados para rastreio da moto também podem contar pontos na hora de diminuir o custo do seguro.

– 

Quer saber como contratar o melhor seguro para a sua moto? Entre em contato com a Camed Corretora hoje mesmo e faça a sua cotação!

Clique aqui e fale com a gente no whatsapp.



Sobre Cookies Neste Site
Usamos cookies e tecnologias semelhantes para identificar suas visitas e preferências, de modo a garantir a eficácia das nossas ações de marketing e melhorar a sua experiência em nosso site. Para configurar e/ou obter mais informações sobre cookies, consulte nossa Política de Privacidade. Ao clicar em "eu aceito" neste banner ou ao utilizar nosso site, você concorda com o uso de cookies.