Incêndios residenciais: saiba como se prevenir
20/06/2022   / admcamedcorretora A+ A-

Uma das grandes mudanças trazidas pela pandemia de Covid-19 foi a alteração nos modos de trabalho. O home office surgiu como uma alternativa aos escritórios físicos e deve continuar sendo adotado, mesmo depois do retorno do modelo presencial.

A mudança na rotina das pessoas e na estrutura das residências causou alguns impactos, como o aumento no número de incêndios residenciais. Segundo o Anuário Estatístico de Acidentes de Origem Elétrica ― 2021, em 2020, o Brasil registrou 583 incêndios ocasionados por excesso de carga de energia e curto-circuito. Desse total, 309 ocorreram em casas ou apartamentos.

Diante do aumento da incidência, ficou clara a necessidade de saber lidar com a nova realidade de modo a prevenir acidentes. Para garantir a proteção do seu lar, é importante avaliar a contratação de um bom seguro residencial. Continue a leitura para entender mais. 

A pandemia e o aumento do risco de incêndio domiciliar

Como já foi citado anteriormente, dentre as muitas mudanças trazidas pela pandemia, está o aumento de pessoas trabalhando em home office. A adaptação para o trabalho remoto faz com que mais energia elétrica seja consumida nas casas. 

O Anuário Estatístico de Acidentes de Origem Elétrica ― 2021 registrou que, dos 309 incêndios residenciais ocorridos no Brasil em 2020, 344 tiveram como causa a elétrica interna domiciliar. Isso pode acontecer devido à sobrecarga da rede elétrica, as instalações mal feitas ou mal utilizadas, antigas ou depredadas.

Além disso, é preciso considerar objetos como isqueiros, velas e fogões. Muitas pessoas acabam, por exemplo, colocando panelas no fogo enquanto exercem suas atividades de trabalho. Uma pequena distração é o suficiente para iniciar um acidente. Há ainda o aumento do uso de álcool para higienização, outra substância inflamável.

Como evitar incêndios residenciais? 

Existem boas práticas para seguir e prevenir incêndios na sua casa. A começar pelo tempo de uso de eletrônicos. Evite deixar celulares, notebooks e computadores por longos períodos na tomada e também não carregue esses equipamentos enquanto dorme. Tudo isso gera um aumento de riscos de incêndio. 

Outro cuidado que você deve ter é com os adaptadores de tomadas, conhecidos como benjamin ou ‘T’. Mesmo que sejam práticos, eles podem ocasionar uma sobrecarga na rede elétrica. Caso seja necessário esse tipo de equipamento, prefira utilizar o filtro de linha (régua) que possui proteção contra sobrecarga. 

Também fique atento às condições do sistema elétrico da sua residência. Faça verificações periódicas com um profissional especializado, certificando que os fios, disjuntores e demais componentes estão devidamente dimensionados e em boas condições de uso.

O Seguro Residencial pode cobrir danos com incêndios?

Existem diversas categorias de seguros direcionados para o lar, destinados a residências individuais, como casas e/ou apartamentos utilizados como moradia habitual ou de veraneio.

As coberturas mais básicas desse modelo de seguro cobrem os prejuízos provocados por incêndios, queda de raios e explosões. Por isso, essas apólices já são excelentes em caso de acontecerem danos por fogo na sua casa.

Além disso, as coberturas adicionais ainda podem ajudar na prevenção contra esse tipo de acidente, fornecendo a assistência de profissionais especializados em problemas elétricos.

Como você viu, lidar com incêndios residenciais é uma questão delicada. Você precisa de um bom suporte para prevenir sua casa e evitar maiores prejuízos. Quer saber mais sobre o seguro residencial? Entre em contato com a gente e solicite sua cotação.

 

Clique aqui e fale com a gente no whatsapp.



Sobre Cookies Neste Site
Usamos cookies e tecnologias semelhantes para identificar suas visitas e preferências, de modo a garantir a eficácia das nossas ações de marketing e melhorar a sua experiência em nosso site. Para configurar e/ou obter mais informações sobre cookies, consulte nossa Política de Privacidade. Ao clicar em "eu aceito" neste banner ou ao utilizar nosso site, você concorda com o uso de cookies.