Documentos obrigatórios para a Declaração do Imposto de Renda 2022
11/03/2022   / admcamedcorretora A+ A-

O prazo para realização da Declaração do Imposto de Renda 2022 está se aproximando. O período se iniciou em 7 de março e vai até 29 de abril.

Para não facilitar o processo, é preciso entender quais documentos são necessários para declarar o seu IR. Continue a leitura e faça sua declaração da forma ideal. 

Quem deve declarar o Imposto de Renda 2022?

De acordo com a Receita Federal, possuem a obrigatoriedade de fazer a declaração do IR aqueles contribuintes que:

  • Receberam rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2021 — desde que não tenham recebido o auxílio emergencial. O valor é o mesmo da declaração do IR do ano passado;

 

  • Receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado;

 

  • Obtiveram ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizaram operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;

 

  • Tiveram, em 2021, receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 em atividade rural.

 

  • Tinham, até 31 de dezembro de 2021, a posse ou a propriedade de bens ou direitos de valor total superior a R$ 300 mil.

 

  • Passaram à condição de residente no Brasil em qualquer mês do ano passado e permaneceram nesta condição até 31 de dezembro de 2021.

 

  • Optaram pela isenção do IR incidente sobre o ganho de capital auferido na venda de imóveis residenciais, cujo produto da venda seja aplicado na aquisição de imóveis residenciais localizados no país, no prazo de 180 dias, contado da celebração do contrato de venda.

 

Documentos obrigatórios

Entre documentos pessoais, de dependentes e de bens, a lista da documentação necessária para realizar o seu IR é extensa. Confira todos os itens abaixo para não esquecer nenhum.

Informações pessoais

O contribuinte precisa ter todos os dados de identificação pessoal seus e dos dependentes, se houver. Tenha em mãos:

 

  • Documento de identidade (nome, CPF, data de nascimento e título de eleitor);
  • Endereço completo atualizado;
  • Comprovante da atividade profissional;
  • Dados bancários, para débito ou restituição do imposto;
  • Dados dos seus dependentes (nome, data de nascimento e grau de parentesco).

 

Informações sobre bens e contas

Dados sobre bens, imóveis e contas do declarante são importantes também, como:

 

  • No caso de imóveis: Data de aquisição, área do imóvel, IPTU, registro de inscrição no órgão público e registro no cartório de Imóveis;

 

  • Para embarcações, veículos e aeronaves: Número do Renavam, registro no órgão fiscalizador;

 

  • No caso de contas correntes e aplicações financeiras: CNPJ da instituição financeira, agência e número da conta.

 

Documentos de rendas variáveis

Outra documentação necessária é aquela referente a rendas variáveis, como:

 

  • Informes de rendimentos adquiridos com a renda variável;
  • Notas de corretagem e extratos de IR enviadas pelas corretoras onde a negociação é feita;
  • DARFs de Renda Variável.

 

Pagamentos, deduções e dívidas

O Imposto de Renda em 2022 também necessita dos seguintes documentos:

 

  • Comprovantes de gastos com educação;
  • Comprovante de pagamento de previdência social e privada;
  • Comprovante de doações;
  • Recibos ou informes de rendimentos de plano, ou seguro de saúde;
  • Despesas médicas e odontológicas;
  • Informes e documentos de dívida e ônus acima de R$ 5 mil.

 

Relacionados à renda

Também se certifique de separar os documentos relacionados à renda.

 

  • Instituições financeiras;
  • Aposentadoria, salário, pensão, distribuição de lucros, pró-labore;
  • Aluguéis de bens móveis e imóveis;
  • Programas fiscais, como Nota Fiscal Paulista e Nota Fiscal Paulistana;
  • Informes de outras rendas recebidas em 2021, como doações, heranças e pensão;
  • Informações do Carnê-Leão para importação na Declaração do Imposto de Renda.

 

Bens e direitos

Por fim, tenha em mãos as documentações sobre seus bens e direitos. 

 

  • Documentos para comprovação da compra e venda de bens e direitos em 2021;
  • Cópia da matrícula do imóvel, escritura de compra e venda, e boleto do IPTU de 2021;
  • Documentos que provem a posição acionária em uma empresa (se for o caso);
  • Se o declarante registrou ganho de capital com a venda de bens e direitos, ele vai precisar dos dados do Demonstrativo de Ganhos de Capital 2021.

 

Esperamos que você tenha tudo em mãos para fazer sua declaração sem dificuldades. Lembre-se, o prazo para o IR 2022 termina em 29 de abril! Separe os seus documentos e realize a declaração com antecedência e segurança.  



Sobre Cookies Neste Site
Usamos cookies e tecnologias semelhantes para identificar suas visitas e preferências, de modo a garantir a eficácia das nossas ações de marketing e melhorar a sua experiência em nosso site. Para configurar e/ou obter mais informações sobre cookies, consulte nossa Política de Privacidade. Ao clicar em "eu aceito" neste banner ou ao utilizar nosso site, você concorda com o uso de cookies.